Banho de imersão em águas quentes, uma prática milenar.

 

Que tomar banho é uma delícia, todo mundo sabe. Não existe coisa melhor do que chegar em casa, depois de um dia exaustivo, e deixar todo o cansaço e o estresse descerem pelo ralo junto com o suor para estar novamente pronto pra outra. Agora, imagine ficar imerso em uma banheira de águas termais relaxantes que prometem maravilhas para o corpo e a mente?

 

Desde o tempo dos egípcios, os banhos são sinônimo de prazer, saúde e beleza. Marco Antônio conhecia muito bem os efeitos do famoso banho quente com essências que tornavam Cleópatra ainda mais bonita e sedutora. Os egípcios usavam banheiras de argila – muito parecidas com as que a gente tem em casa – sob a proteção da deusa Hera, de Asclépio, o deus da saúde, e de sua filha Higéia, que deu origem à palavra higiene.

 

 

Os romanos davam tanta importância ao assunto que, em todos os territórios conquistados, a preocupação em construir as lendárias termas era tão grande quanto a de erguer templos e estradas. Foram eles que começaram a difundir o hábito do banho freqüente, criando as casas de banho e os banhos públicos. Quem nunca assistiu a um filme épico com guerreiros romanos tomando importantíssimas decisões, reunidos em tentadoras banheiras e tinas?

 

No Japão, ainda hoje, a hora do banho é um momento quase sagrado, tido como uma recompensa pelo exaustivo dia de trabalho. Antigamente, haviam casas especializadas, mas, como o tempo lá do outro lado do mundo anda meio curto, os japoneses construíram em casa mesmo o ofurô, um tina feita de ripas de madeira. Eles garantem que, estando a água em uma temperatura próxima a 40 graus, os benefícios são inúmeros: relaxa, alivia dores musculares e melhora a circulação sangüínea, provocando sensação de bem-estar.

 

 

Do lado de cá do planeta, os especialistas não pensam diferente. Como o nosso organismo é composto por cerca de 70% de líquido, quando imergimos na água, acontece uma transmissão térmica que aquece a água do nosso corpo. Essa água aquecida circula pelo corpo, ativando as nossas funções de uma maneira geral, em particular os rins. O reflexo disso na pele é fantástico.

 

É importante consumir muita água antes, durante e após o banho, pois há a necessidade de hidratar o corpo e repor os líquidos eliminados, devido à dilatação dos vasos sangüíneos. Ainda é recomendável que grávidas e pessoas com problemas de pressão devam consultar seus médicos antes de mergulhar nos banhos terapêuticos.

 

 

As termas do Gravatal, no sul de Santa Catarina possui propriedades únicas que fazem do banho muito mais que uma simples imersão em águas quentes. Da máscara de argila natural para sumir com as rugas até a badaladíssima propriedade radiônica. Ela é muito boa para dores nas articulações, artrites, artroses e varizes. Também indicadas para dores musculares e problemas de circulação, os jatos de água atingem o corpo inteiro e enrijecem a pele, massageando o corpo e ajudando a tonificar os tecidos. Ainda têm o poder de esfoliar, hidratar e purificar a pele.

 

Para aproveitar todos esses benefícios o Cabanas Termas Hotel, nas Termas do Gravatal, oferece estrutura completa para o tratamento, lazer, relaxamento e diversão. 

 

 

 

Please reload

Outras Notícias
Please reload